top of page

SAIBA COMO QUEBRAR A CARÊNCIA PARA GRAVIDEZ NO PLANO DE SAÚDE


No primeiro semestre de 2022, houve o nascimento de 1 milhão e quinhentas crianças no Brasil.


Embora algumas gestantes optem por dar à luz em casa, a maioria das futuras mamães prefere realizar o parto em hospitais, onde podem receber o auxílio de profissionais especializados.


Como não se trata de um procedimento barato, é comum que se recorra aos planos de saúde, no entanto é importante ficar atento às regras estabelecidas pelas operadoras de saúde, especialmente os prazos de carência.



Nesse texto, a advogada Mariana Dantas, especialista de direito da saúde, explicará qual o prazo de carência para partos e em quais hipóteses a carência pode ser quebrada.




Índice:

  1. Qual a carência para partos através do plano de saúde?

  2. É possível quebrar a carência para partos?

  3. Quais as vantagens de contratar um plano de saúde durante a gravidez?

  4. Como incluir um recém-nascido no plano de saúde?




1. QUAL A CARÊNCIA PARA PARTOS ATRAVÉS DO PLANO DE SAÚDE?


Os planos de saúde da modalidade individual ou familiar costumam estabelecer uma carência de 300 dias para partos a termo, a serem contados a partir da data de contratação.

No entanto, é possível encontrar planos que oferecem carência mínima de 06 meses, ou 180 dias.

Já os planos de saúde empresariais que contam com mais de 30 beneficiários não possuem carência, desde que preenchidos alguns requisitos.



2. É POSSÍVEL QUEBRAR A CARÊNCIA PARA PARTOS?


Sim. A carência para partos pode ser quebrada em situações de urgência ou emergência que envolvam risco para a gestante ou o bebê, assim como no caso de partos realizados até a 36ª semana de gestação.

Nessas hipóteses, o prazo de carência deve ser reduzido para 24 horas.



3. QUAIS AS VANTAGENS DE CONTRATAR UM PLANO DE SAÚDE DURANTE A GRAVIDEZ?


A contratação de um plano de saúde durante a gravidez é uma medida bastante importante para prevenir possíveis intercorrências. Além disso, como já foi dito, em situações de urgência e emergência o prazo de carência é reduzido para 24 horas, de modo que a gestante e a criança poderão receber atendimento de forma rápida e eficaz.

Outra vantagem de se contratar um plano de saúde durante o período da gestação é o fato de que não há carência para o bebê se ele for incluído no plano durante os seus 30 primeiros dias de vida.



4. COMO INCLUIR UM RECÉM-NASCIDO NO PLANO DE SAÚDE?


Para incluir um recém-nascido no plano de saúde, é imprescindível que o titular solicite a inclusão durante os 30 primeiros dias de vida do bebê e guarde uma prova por escrito de que a solicitação foi feita.

Caso a solicitação seja feita nesse prazo, o bebê poderá receber os serviços médicos sem necessidade de cumprimento de carência.





O Escritório de Advocacia Mariana Dantas é especializado em ações contra planos de saúde.

Temos advogados especializados na atuação contra planos de saúde. O contato pode ser feito através whatsapp. O envio dos documentos é totalmente online .





Comments


Design sem nome (1).png
bottom of page